Piso dos salários dos professores por Estados em 2012

Cada Estado do Brasil tem autonomia para fixar o piso salarial dos professores da rede estadual de ensino, tanto que o valor fique igual ou maior que o piso nacional do magistério fixado pelo Ministério da Educação. Depende das finanças e muito mais da vontade política para valorizar a classe de quem ajuda a fazer o futuro do País levando o conhecimento pela educação.

Lembrando que o piso nacional do salário para o magistério de 2012 é de R$ 1.451,00 e conforme a lista abaixo, muitos Estados estão abaixo deste valor.

O Estado que mais paga é Minas Gerais R$ 2.200,00 e o que paga menos é o Rio Grande do Sul R$ 791,00, muito abaixo do piso.

Piso salarial por Estados:

  • Acre – R$ 1.451,00
  • Alagoas – R$ 1.187,00
  • Amapá – R$ 1.085,00
  • Amazonas – R$ 1.905,00
  • Bahia – R$ 1.187,00
  • Ceará – R$ 1.270,00
  • Distrito Federal – R$ 2.314,00
  • Espírito Santo – R$ 1.540,00
  • Goiás – R$ 1.460,00
  • Maranhão – R$ 1.451,00
  • Mato Grosso – R$ 1.760,00
  • Mato Grosso do Sul – R$ 1.489,00
  • Minas Gerais – R$ 2.200,00
  • Pará – R$ 1.451,00
  • Paraíba – R$ 1.737,00
  • Paraná – R$ 1.233,00
  • Pernambuco – R$ 1.451,00
  • Piauí – R$ 1.187,00
  • Rio de Janeiro – R$ 1.732,00
  • Rio Grande do Norte – R$ 1.451,00
  • Rio Grande do Sul – R$ 791,00
  • Rondônia – R$ 2.011,00
  • Roraima – R$ 2.142,00
  • Santa Catarina – R$ 1.281,00
  • São Paulo – R$ 1.894,00
  • Sergipe – R$ 1.451,00
  • Tocantins – R$ 1.329,00
Compartilhe no Facebook

Curta no Facebook:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *