Mulher enterrada viva conforme seu desejo

Cada louco com suas ideias malucas, como a dona que exigiu e organizou seu próprio funeral. Quem chegou de surpresa no guardamento deve ter levado o maior susto, até desmaiado. Deus do céu, o morto está vivo.

Isso é realidade e aconteceu no Ceará, cidade de Camocim. Vera Lúcia de Araújo Silva realizou um sonho antigo e foi velada com tudo o que tem direito, convidados e até uma água com canudinho.

O dono da funerária que organizou tudo disse que o sonho vinha a uns 5 anos e para que quando morrer de verdade, descanse em paz, tudo foi feito conforme manda os ritos fúnebres, com flores, caixão e uma caprichada maquiagem de morto.

“Eu quero meu velório há 14 anos. Esperei muito. Quando convidei amigos e minha família eles pensaram que eu estava de brincadeira, nem ligaram”, relata a mulher. O dono da funerária lembra ainda que a mulher, que não tem filhos, encontrou resistência da família. “O esposo não queria deixar, mas a família abriu mão”, disse.

Conforme a realidade, tudo foi feito no salão do cemitério Jardim Eterno neste dia 02 de novembro de 2016, com a presença dos familiares, amigos e demais convidados. Mais os curiosos que queriam ver se a dona teria coragem para se fingir de morta.

“Ela ficou deitada no próprio caixão, tinha esse desejo. Foi invenção dela mesmo. Todo velório aqui ela gosta de estar presente”, narra o empresário. “Eu dizia que não porque depois o povo ia falar que a gente agourou, trouxe maldição, iam acabar associando, e a funerária não tem esse lado. Mas ela pediu, pediu, pediu”, diz Paulo.

Para dar realidade, Vera Lúcia desde a hora que deitou, permaneceu imóvel, só tomando chá e água de coco.

Como último pedido: Agora feche o caixão e carreguem por uns metros só para sentir como é estar indo para o túmulo. E assim foi feito.

Reportagem completa no G1.

Compartilhe no Facebook

Curta no Facebook:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *